30 Cortes de Cabelo Engraçados da Infância dos Anos 80 e 90 Que Você Nunca Viu

Todos nós já tivemos um corte de cabelo ruim em alguma fase da vida não é mesmo? Mas aposto com você que não foi tão ruim quanto o das crianças que veremos a seguir. A pior parte, digamos, de ter um cabelo totalmente “além do seu tempo” é ter a sorte de ser imortalizado com ele.

Aqui estão os 30 piores cortes de cabelo de crianças que você já viu. A maioria deles vem diretamente da década de 80 e início dos anos 90, anos marcantes para um monte de coisas, mas definitivamente não para penteados. Essas fotos provam que o abuso infantil vem em todas as formas.

Prepare o coração – Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida

Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida



Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida


Esses são os piores cortes de cabelo infantil que você vai ver na sua vida

Felipe Hack

Sócio fundador e idealizador do site Acta MUNDI. Autodidata, fascinado por tudo que envolve cultura artística, inovação e diversidade. Largou o gosto por jogos eletrônicos para se dedicar ao design gráfico 3D e empreendedorismo digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *