Muros viram estampa em seda pura, relembrando ligação de China e Veneza

O artista italiano Ri.Co resolveu mostrar a relação de China e Veneza de um jeito poético e diferente. No passado, estes dois lugares ligavam-se pelo comércio de um produto muito especial: a seda. Só a China sabia como produzi-la e Veneza era um importante porto do comércio Oriente-Ocidente.

Na exposição chamada “The Forbiden Souvenir” (“o souvenir proibido”), Ri.Co mostra pedaços de seda pura com impressões de imagens de muros da região italiana. Um jeito de ligar duas culturas pela arte.

A exposição aconteceu em maio, acompanhando a Bienal de Veneza. No local, a “Scuola Grande San Teodoro” havia também uma gôndola, símbolo de Veneza. Na imagem de divulgação, o artista mistura o dragão típico chinês com a imagem dos chaveiros vendidos pela cidade de Veneza, que reproduz a ponta de todas as gôndolas.

Artista Italiano produz Muros de Seda na Exposição Chamada “The Forbiden Souvenir”




 





 










Compartilhe com seus amigos, curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Evelyn Heine

Autora infantil, formada em Jornalismo pela Cásper Líbero, trabalhou por mais de 10 anos na Editora Abril. Heine é responsável pelo conteúdo do site e blog “Divertudo”. Gosta de arte, design, música, literatura e tudo que envolve criatividade. Seu livro mais recente chame-se “Dois Gatos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *