Eles são de dar Água na Boca. Conheça a História dos Cookies

Você conhece a História dos Cookies? Bem, na América, um biscoito é descrito como um bolo fino, doce e geralmente pequeno. Por definição, um biscoito pode ser qualquer um de uma variedade de bolos doces à base de farinha. E cada país tem sua própria palavra para “cookie“.

Sabemos que os cookies são chamados de biscoitos na Inglaterra e na Austrália, na Espanha são galletas.  Os alemães chamam-lhes Keks ou Plzchenpara biscoitos de Natal, e na Itália existem vários nomes para identificar várias formas de cookies, incluindo amaretti e biscotti, e assim por diante.

O cookie é derivado da palavra holandesa koekje , que significa “bolo pequeno“. Biscuit vem da palavra latina bis coctum, o que significa “duas vezes cozido”.

De acordo com historiadores culinários, o primeiro registro histórico de cookies foi o seu uso como bolos de teste. Onde uma pequena quantidade de massa de bolo foi cozida para testar a temperatura do forno. 😉 

Os imigrantes ingleses, escoceses e holandeses originalmente trouxeram os primeiros cookies para os Estados Unidos. Os biscoitos de manteiga simples se assemelham bastante aos teacakes ingleses e aos shortbreads escoceses. 

Nos livros de receitas americanos anteriores, os cookies não receberam espaço próprio, mas foram listados no final do capítulo do bolo. Eles foram chamados por nomes como Jumbles, Plunkets e Cry Babies.

Mas no livro de receitas de 1796, “American Cookery: or, The Art of Dressing Viands, Fish, Poultry and Vegetables, and the Best Modes of Making Puff-pastes, Pies, Tarts, Puddings, Custards and Preserves, and all kinds of Cakes, from the Imperial Plumb to plain Cake” de Amelia Simmons, continha duas receitas para cookies. Uma simplesmente chamado de “Cookies” e o outra chamada “Chriftmas Cookey“. Este foi o primeiro livro de receitas elaborado por um americano e publicado nos Estados Unidos.

O desenvolvimento geográfico dos Estados Unidos refletiu-se nas receitas populares de cookies. A expansão das ferrovias no início dos anos 1800 deu aos cozinheiros acesso a cocos do sul. Mais tarde, as laranjas do Ocidente foram incluídas em muitas receitas. Em torno da virada do século, os irmãos Kellogg em Michigan inventaram flocos de milho e biscoitos foram feitos com estes cereais.

Na década de 1930, com o advento dos refrigeradores elétricos, os cookies atingiram novos níveis de popularidade. Hoje existem centenas de receitas de cookies, e nenhum livro poderia armazenar todas as receitas para todos os vários tipos de cookies.

Eles são chamados de biscoitos na Inglaterra e de galletas na Espanha, Conheça a História dos Cookies

Cookies com pedaços de chocolate 1937 – Os primeiros biscoitos de chocolate foram inventados em 1937 por Ruth Graves Wakefield (1905-1977), de Whitman, Massachusetts, que dirigia o Restaurante Toll House. O Toll House ficava em uma praça de pedágio construída em 1709, onde os passageiros aproveitavam para fazer refeições enquanto aguardavam para seguir viagem.

Uma das receitas favoritas de Ruth era a receita antiga para biscoitos “Butter Drop Do” que remontavam à época colonial. A receita exigia o uso de chocolate para coberturas. Um dia, Ruth encontrou-se sem esse ingredient. Tendo uma barra de chocolate ao leite na mão, cortou-a em pedaços e acrescentou os pedaços de chocolate na massa do Cookie.

Ela viu então que o chocolate não derretia e se espalhava por cada biscoito. Em vez disso, os pedaços de chocolate mantiveram a forma e criaram uma sensação nova na hora da mordida. Ela chamou sua nova criação de Cookies Toll House Crunch. O Toll House Crunch Cookies tornaram-se muito populares entre os clientes, e logo sua receita foi publicada em um jornal de Boston, e em outras publicações da Nova Inglaterra. Assim a palavra cookies se espalhou e tornou-se popular.

Eles são de dar Água na Boca, Conheça a História dos Cookies


 



A História dos Cookies é literalmente deliciosa.












Imagens gentilmente cedidas por Cookie Sul.

Então? a História dos Cookies também deixou você com água na boca? deixe seu comentário.

Compartilhe com seus amigos, curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter!

Ivar L Leite

Sócio fundador do site Acta MUNDI. Formado em Administração com ênfase em Análise de Sistemas. Apaixonado por tecnologia e inovação, adora cozinhar e vasculhar a internet. Ama gatos, ler e assistir séries na TV. Encontrou na Mídia Digital uma nova paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *