A Escultura Realista De Luigi Rodriguez expressa Seu Rosto Durante Orgasmo

O artista venezuelano Luigi Rodriguez criou uma escultura hiper-realista de seu próprio rosto durante o orgasmo. Por quê? Porque ele acredita que o rosto que revelamos durante o clímax sexual representa a nossa verdadeira identidade. Então ele decidiu reconhecer e celebrar não importa o quão controverso isso seja.

Ele explica: “Durante aqueles poucos poderosos segundos, nos deixamos levar e esquecer o nosso ego, expectativas e preocupações. O que nos permite ser livre e, portanto, descobrir um rosto que é puro fora de todas as ideias que eu tinha em minha cabeça. Essa peça de arte era o que eu mais temia. Eu decidi fazer a escultura realista de mim mesmo, porque eu queria que a arte final parecesse o mais próximo da vida real quanto possível, por isso é completamente honesto”.

O artista Luigi Rodriguez fez a escultura realista de seu próprio rosto durante o orgasmo

Luigi passou a maior parte de 2016 aprendendo as técnicas para desenvolver sua escultura. Foi um processo longo, tanto física como mental.

Ele acrescentou: “Meu maior desafio foi o de me permitir estar em um estado tão vulnerável, e graças a isso eu tenho sido capaz de crescer como pessoa”.

Eu decidi fazer a escultura realista de mim mesmo, porque eu queria que a arte final parecesse o mais próximo da vida real quanto possível



Eu decidi fazer a escultura realista de mim mesmo, porque eu queria que a arte final parecesse o mais próximo da vida real quanto possível


Eu decidi fazer a escultura realista de mim mesmo, porque eu queria que a arte final parecesse o mais próximo da vida real quanto possível


Eu decidi fazer a escultura realista de mim mesmo, porque eu queria que a arte final parecesse o mais próximo da vida real quanto possível


Eu decidi fazer a escultura realista de mim mesmo, porque eu queria que a arte final parecesse o mais próximo da vida real quanto possível


Eu decidi fazer a escultura realista de mim mesmo, porque eu queria que a arte final parecesse o mais próximo da vida real quanto possível
Luigi Rodriguez

Eu decidi fazer a escultura realista de mim mesmo, porque eu queria que a arte final parecesse o mais próximo da vida real quanto possível

Você pode ver mais sobre seu trabalho em Luigi Rodriguez Art.

Compartilhe com seus amigos, curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Felipe Hack

Sócio fundador e idealizador do site Acta MUNDI. Autodidata, fascinado por tudo que envolve cultura artística, inovação e diversidade. Largou o gosto por jogos eletrônicos para se dedicar ao design gráfico 3D e empreendedorismo digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *