Comprovada a existência das ondas gravitacionais

Fenômeno previsto pelo físico Albert Einstein há cem anos, nunca havia sido observado até agora. Cientistas provaram a existência das ondas gravitacionais, mostrando que um corpo com massa quando é acelerado pode deformar o tecido do espaço-tempoBuracos negros

Pesquisadores do projeto Ligo (Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory) encontraram “distorções no espaço e no tempo”. Causadas pela interação entre dois enormes buracos negros.

Com isso fica comprovada última parte que faltava da Teoria da Relatividade de Albert Einstein.

O evento causado por dois buracos-negros, cada um com cerda de 30 vezes a massa do Sol, que quando se chocaram há 1,3 bilhão de anos, lançaram ondas em todas as direções até que tais ondas chegaram à Terra, quando então foram captadas por instrumentos do projeto.Interferometro

Um marco para a física e a astronomia. O projeto LIGO foi uma iniciativa do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) e do MIT.

No decorrer do projeto outros centros de pesquisa se juntaram à iniciativa. No Brasil, físicos do Inpex e do IFT-Unesp participaram do projeto.

Ondas gravitacionais são ondulações na curvatura do espaço-tempo que se propagam como ondas, viajando para o exterior a partir da fonte.

ligo-foto

Imagens: NASA/MIT

Compartilhe com seus amigos, curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Ivar L Leite

Sócio fundador do site Acta MUNDI. Formado em Administração com ênfase em Análise de Sistemas. Apaixonado por tecnologia e inovação, adora cozinhar e vasculhar a internet. Ama gatos, ler e assistir séries na TV. Encontrou na Mídia Digital uma nova paixão.