Ilhas Salomão: Um lugar onde o tempo parou.

Os moradores das Ilhas Salomão ainda utilizam as mesmas canoas, escavadas em troncos de árvores, como seus ancestrais, na lida do campo, ainda seguem o calendário lunar, e o oceano ainda determina o destino dos ilhéus.

O fotógrafo francês Fabien Astre passou um ano documentando a vida nas ilhas do Pacífico, situadas ao sul do equador, e as imagens mostram paisagens mágicas e atraentes.

Apesar da diversidade da população que fala mais de 70 idiomas, todos os habitantes das Ilhas Salomão ainda têm uma coisa em comum – suas vidas são regidas pelo oceano.

Com belas imagens de lagoas cor esmeralda, praias paradisíacas, e um verde exuberante, Astre conta a história de um lugar que parou no tempo, e para isso usa as fotografias como palavras.

ilhas-salomao-01
No país arquipélago a sensação é de estar distante de todo o resto do mundo.

Embora os habitantes das Ilhas Salomão possam dizer que a cor brilhante de seus cabelos, seja um resultado da exposição ao sol ou da dieta rica em peixe, a verdade é eles têm seu próprio gene “dos cabelos claros”.

ilhas-salomao-02
A combinação de pele escura e cabelos claros intriga os cientistas há muito tempo.

A maioria da população rural das Ilhas Salomão vive em casas tradicionais, construídas inteiramente a partir de materiais nativos. Os telhados são feitos de folhas de palma,  e as paredes de bambu, pandanus. 

ilhas-salomao-03
Habitações rústicas, feitas de folhas de palma e bambu.

As Ilhas testemunharam muitos combates entre as forças japonesas e americanas durante a Segunda Guerra Mundial.

E a história ainda está viva em relíquias na terra e no mar, na forma destroços de navios, aviões e tanques.

Foto da a Ilha Kennedy, nomeada em homenagem ao tenente John F. Kennedy, onde permaneceu juntamente com seus colegas marinheiros, depois que seu navio, foi atingido por um destroier japonês em agosto de 1943.

ilhas-salomao-04
Ilha Kennedy, nomeada em homenagem ao tenente John F. Kennedy.

Por lá os dias da semana não significam nada, o ambiente molda em grande parte o destino dos ilhéus, como tem sido por anos.

ilhas-salomao-05
Crianças pequenas brincam alegremente em um carro velho.

A estrada que liga a cidade de Gizo no sul a comunidade Saeragi norte, corre ao longo da costa, passando por inúmeros pequenos povoados.

ilhas-salomao-06
O único perigo na estrada são os cocos que eventualmente caem.

Quando o explorador espanhol Alvaro Mendaña de Neira descobriu as Ilhas Salomão, ele acreditava que tinha encontrado a fonte da riqueza do rei Salomão, pois havia sinais de ouro. Hoje, o tesouro das Ilhas Salomão são as quase 1000 ilhas, cercadas por belos recifes e lagoas.

ilhas-salomao-07
Quase 1000 ilhas, cercadas por belos recifes e lagoas.

Uma menina da Melanésia, este termo é usado em relação aos habitantes da Melanésia que consistem em quatro países: Vanuatu, Fiji, Papua Nova Guiné e Ilhas Salomão.

ilhas-salomao-08
Menina da Melanésia
ilhas-salomao-09
Entre tantas belezas, mais uma, a de crianças de sorriso travesso.

O mercado local está cheio de frutas tropicais, legumes e peixes – todos frescos e todos orgânicos.

Os moradores de ilhas vizinhas chegam a cada manhã de barco para tomar as suas pequenas “lojas”, à sombra das árvores e vender suas colheitas. Aqueles que vêm de longe podem permanecer uma semana inteira no mercado, passando as noites ao lado de seus bens.

ilhas-salomao-10
Para a maioria das famílias o mercado é a única fonte de renda.

Gizo Town, na ilha de Gizo, é a capital da província ocidental, e é a segunda maior cidade do país. Na história recente, a ilha foi colonizada por imigrantes de Kiribati e outras ilhas. Portanto, sua população é muito diversa.

ilhas-salomao-11
Gizo Town, na ilha de Gizo, capital da província ocidental.
ilhas-salomao-12
Com tempo de sobra, que tal um jogo de cartas valendo moedas ?

Por milhares de anos, a vida nas Ilhas Salomão permanece inalterada”

Vista da ilha Kolombangara, na língua local Kolombangara significa “Rei das Águas”. Com cerca de 80 rios e córregos, em Kolombangara você nunca vai sentir sede. Ao mesmo tempo, as ilhas próximas sofrem durante a seca.

ilhas-salomao-13
Kolombangara “Rei das Águas”.
ilhas-salomao-14
A ilha Olasana, que como todas as outras, tem areias brancas e recifes. Ao fundo a Ilha Kennedy.

Kolombangara é um ilha vulcânica circular, com diâmetro aproximado de 15 km, com origem num estratovulcão que culmina nos 1770 m do Monte Veve

ilhas-salomao-15
A caminhada do mar até o topo do vulcão leva dois dias.

Ilhas Shortland são um grupo de ilhas pertencentes à Província Ocidental das Ilhas Salomão, e nomeada em homenagem a John Shortland. Elas estão localizadas no extremo noroeste do país, perto da ilha de Bougainville, parte da Papua Nova Guiné.

ilhas-salomao-16
Ilhas Shortlendskie, ilhas pertencentes à Província Ocidental.
ilhas-salomao-17
Um espetacular pôr do sol, refletido nas ondulações do mar.
ilhas-salomao-18
Adolescentes refrescam-se nas águas calmas perto da costa.

ilhas-salomao-19

As Ilhas Salomão são famosas por suas lagoas cor esmeralda e peixes exóticos.

Todas as imagens Fabien Astre. 

Compartilhe com seus amigos, curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

 

Ivar L Leite

Sócio fundador do site Acta MUNDI. Formado em Administração com ênfase em Análise de Sistemas. Apaixonado por tecnologia e inovação, adora cozinhar e vasculhar a internet. Ama gatos, ler e assistir séries na TV. Encontrou na Mídia Digital uma nova paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *