Na Sorveteria Amorino o Gelato é Servido em Forma de Rosas

Se você entrar na Sorveteria Amorino, em Paris, não precisa quebrar a cabeça para escolher o sabor. Pedi uma bola pequena e perguntei quantos sabores poderia ter. A resposta veio rápida: quantos você quiser! Como assim? – Pensei.

Então percebi o trabalho artesanal da atendente, que vai sobrepondo os sabores em formato de uma rosa. Simplesmente lindo. E delicioso.

Com a ajuda de uma espátula, ela vai agregando cada sabor escolhido de dentro para fora. Morango, pistache, chocolate. Pena que não pedi outros mais. O sabor e textura são incríveis.

Os sorvetes são também saudáveis. A placa informa que não usam corantes nem aromas artificiais.

“Nós usamos apenas ingredientes naturais: leite integral, ovos, frutas. Nada de sabores artificiais ou conservantes”, diz Paolo Benassi, um dos fundadores. Ele e o sócio Cristiano Sereni abriram a sua primeira sorveteria em Paris, em 2002, com sua legítima receita italiana. E hoje são mais de 150 lojas espalhadas por vários países, incluindo Itália e Estados Unidos.

Além de escolher vários sabores, mesmo na opção pequena, o cliente recebe seu sorvete na forma de uma flor! Um charme que é o diferencial da marca. Talvez por isso, Amorino tenha se tornado a maior rede de sorvete artesanal do mundo.

Onde os franceses vão comer sorvete, no verão? Na Sorveteria Amorino, às margens do Sena.





Sorveteria Amorino - Gelato Paris







Para saber mais acesse amorino.com

Compartilhe com seus amigos, curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter!

Evelyn Heine

Autora infantil, formada em Jornalismo pela Cásper Líbero, trabalhou por mais de 10 anos na Editora Abril. Heine é responsável pelo conteúdo do site e blog “Divertudo”. Gosta de arte, design, música, literatura e tudo que envolve criatividade. Seu livro mais recente chame-se “Dois Gatos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *